July 21, 2016 | Fernanda Monteiro

Entenda por que a realidade virtual vai 'capturar' você

Poucos dias após o lançamento do Pokémon Go, o game já ocupa o primeiro lugar na lista de downloads na Apple Store e Google Play. De acordo com a Forbes, somente nos EUA o número de downloads ultrapassou 7,5 milhões em apenas 5 dias após sua estréia.ntq9

Como o jogo funciona?

A proposta do game é proporcionar uma nova dimensão através da realidade aumentada, engajando os usuários e fazendo com que eles percebam o mundo real e o mundo virtual numa coisa só.

Após o download gratuito do aplicativo, o usuário deve criar seu personagem e iniciar sua aventura. O objetivo do jogo é capturar Pokémons (abreviatura de Pocket Monster – monstros de bolso), treiná-los para tornarem-se cada vez melhores e duelar com outros participantes, com a finalidade de acumular mais pontos e evoluir. Através da câmera de seu smartphone, o usuário vê uma versão anime semelhante ao Google Maps, onde ele precisa andar pelas ruas e ambientes de sua cidade a procura de novos monstrinhos e em busca de outros usuários, criando uma conexão social.

Este jogo representa uma das maiores demonstrações de como realidade aumentada pode funcionar no mundo físico, pois faz com que os gamers saiam de sua zona de conforto e vão explorar de maneira transversal novas experiências.  Assista este vídeo explicativo sobre o funcionamento do game:

[youtube]https://youtu.be/SWtDeeXtMZM[/youtube]

Não são apenas os fãs de Pokémon que estão contentes pelo lançamento do jogo. Inúmeras pessoas estão se aproveitando dessa oportunidade e surfando essa onda do sucesso em seu próprio benefício. É o caso de uma jovem americana que publicou um anúncio onde se apresentava como ‘primeira capturadora oficinal de Pokémons’, cobrando 20 dólares a hora para capturar os monstrinhos para seus clientes. Um outro grupo de jovens americanos ofereciam o serviço de ‘Safari Pokémon’, onde circulavam com seus veículos por 1 hora com a finalidade de seus clientes ampliarem sua rede de monstrinhos.

A média de tempo que os fãs passam no aplicativo é de cerca de 43 minutos por dia, superando Whatsapp (30 minutos), Instagram (25 minutos) e o Snapchat (23 minutos), de acordo com dados da Similar Web. Alguns estabelecimentos também estão usando o boom desse game para trabalhar o marketing e aumentar suas vendas, como é o caso de algumas cafeterias, restaurantes e até mesmo igrejas, que estão criando zonas chamadas de ‘Poke Stops’, convidando aos jogadores compartilharem o mesmo ambiente.

E por que este aplicativo está fazendo tanto sucesso em tempo récord? Além de um histórico de mais de 20 anos, a Nintendo eliminou a barreira entre o real e o virtual fornecendo outra dimensão aos fãs do jogo.

Nós devemos olhar este case como um exemplo de boas práticas e inspirar-se para futuros projetos, pois o Pokémon Go vai mais além do que ser um game, ele representa uma incrível ferramenta de dados. A Nintendo pode analisar o tempo que o usuário passa no aplicativo, os amigos compartilhados, os lugares que frequenta através da geolocalização e, principalmente ela observa o comportamento dos usuários.

Os profissionais de pesquisa necessitam se aventurar e quebrar este paradigma entre realidade e ficção, precisam ser 'capturados' por essa nova dimensão tecnológica e colocarem em prática dentro de seus projetos. Através da tecnologia, criatividade e novas experiências, podemos surpreender nossos clientes e consumidores.

Fernanda Monteiro

About the author

Fernanda Monteiro | Digital Marketing & Performance

FREE EBOOK

The essentials of online data collection

Download ebook

Netquest Blog Archives

Search and discover over last years latest market research topics.

View the archives

Assine no nosso blog

Receba as últimas notícias aqui ou no seu email.

Subscribe to our blog

netquest-blog-suscription-shape-illustration

Hey!

Enjoying what you've been reading?

Subscribe for more!

Hey!

Enjoying what you've been reading?

Subscribe for more!

Get access to the latest news and exclusive content.

I'm already subscribed. Close